Menu

Tel: +55 11 3721-5557
Cel: 11 9 9764-8086
E-mail: sac@cadenzatur.com.br

Os melhores destinos para chocólatras

Imagem ilustrativa para o post "Os melhores destinos para chocólatras"

Um dos doces mais consumidos no Brasil e no mundo é o chocolate, “alimento dos deuses” descoberto há mais de 3000 anos pelos povos que habitavam a região do México. Para você ter uma ideia, 790 mil toneladas da iguaria foram consumidas em 2013 apenas no Brasil.

No entanto, alguns locais do mundo trazem o chocolate em diferentes pratos, formas e até mesmo com um sabor diferente. Confira abaixo os melhores destinos para quem está viajando. 

A paixão pelo chocolate é tão grande no mundo todo que especialistas preveem a possível extinção do cacau, matéria-prima do doce, para 2020, caso o consumo continue em plena ascensão.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Mas, enquanto há chocolate, há esperança. Nada mais justo, portanto, do que reunir aqui alguns destinos que são famosos por produzirem chocolates memoráveis. Quer ser minha companhia nessa doce jornada?

Oaxaca – México

A cidade de Oaxaca vive e respira chocolate. Se você quiser fazer uma viagem pela história do chocolate, a primeira parada deve ser Oaxaca, charmosa cidade mexicana que herdou – e transformou – o consumo do cacau de seus antepassados.

De fato, a cultura da cidade está intimamente ligada ao ingrediente. Oaxaca é repleta de casas de chocolate, que produzem os doces com grãos cultivados localmente.
Hoje, o chocolate faz parte da cultura e gastronomia da cidade. Não deixe de experimentar o famoso chocolate quente, que pode ser incrementado com pimenta e outras especiarias, e o Mole Poblano, um molho bastante usado na culinária mexicana que leva chocolate na receita.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Rua Francisco Xavier Mina, perto do Mercado Central, é a verdadeira meca do chocolate. Ali, os maiores produtores do país, como Mayordomo e La Soledad, mostram o processo de fabricação dos chocolates e seus derivados para quem quiser ver.Nas ruas de Oaxaca, os visitantes muitas vezes são abordados nas ruas por nativos que vendem pratos feitos à base de cacau. O chocolate quente da cidade é conhecido como um dos melhores do mundo.

Zurique – Suíça

Se os povos da América Central foram responsáveis por descobrir e cultivar o cacau, foi na Europa que o chocolate se transformou no doce que conhecemos e amamos. Os suíços tiveram a genial ideia de incluir o leite na receita e o que já era bom ficou irresistível. Os chocolates suíços são considerados um dos melhores do mundo e essa fama não surgiu do nada. 

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em Zurique, é possível fazer um tour guiado pela centenária fábrica da Lindt & Sprüngli, uma das marcas de chocolate mais renomadas do mundo, com direito à degustação dos doces e comprinhas com preços mais acessíveis. Outro point da cidade é a doceria Sprüngli, fundada em 1836 e que possui um dos chocolates quentes mais famosos do mundo.

Se a ideia for conhecer o chocolate suíço para além das marcas mais famosas, vale a pena conferir a Confiserie Honold, fundada em 1905, que oferece mais de 50 variedades de chocolates e trufas de primeira classe.

Para os que visitam a cidade e querem fazer o próprio chocolate, a Lindt oferece um curso em que os trusitas vão até uma de suas fábricas e criam seus próprios doces, que são embalados e podem ser levados para casa. Imperdível! 

Guayaquil – Equador

Até o início do século XX, o Equador era o maior exportador de cacau do mundo. Hoje, ocupa a primeira posição na exportação de grãos especiais, de altíssima qualidade, que abastecem o mercado dos chocolates finos.

Em Guayaquil, cidade ao sul do Equador, é possível acompanhar toda a linha de produção do chocolate, assim como fazer um passeio pelas plantações de cacau que cobrem a região. Para provar a iguaria local, recomendo uma visita ao restaurante La Pepa de Oro, que serve um dos melhores chocolates quentes do país e cuja decoração remonta a história do cacau no Equador.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Outra atividade para os chocólatras é um tour pela Rota do Cacau, que passa pelas províncias de Guayas, Manabí e Los Rios, principais produtoras de cacau no país. Nesse passeio, os visitantes aprendem sobre o processo de preparação dos grãos para exportação, desde a fermentação e secagem até a embalagem.

Bruxelas – Bélgica

Verdade seja dita: o chocolate belga é um dos mais amados do mundo! E isso não acontece à toa. A Bélgica é daqueles lugares que respira chocolate, com uma produção anual de 170 mil toneladas do doce em mais de 12 fábricas, além de 16 museus e mais de 2000 lojas especializadas no doce. E Bruxelas, como boa capital, consegue reunir o que há de melhor no assunto.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A parada indispensável é a Place du Sablon e Grand Place, onde as grandes lojas estão. Neuhaus, Godiva, Leonidas, Wittamer, Pierre Marcolini e La Belgique Gourmand e Mary, a marca preferida da família real belga. Para completar a visita, os turistas podem conhecer também o Museu do Cacau e Chocolate.

Os belgas consomem em média cerca de 11 quilos de chocolate por pessoa e estão em 5º lugar no ranking dos mais chocólatras. Por que será?


Colônia – Alemanha

Quem pensa que o talento dos alemães se restringe a cerveja está muito enganado. Além de ser o segundo país que mais consome chocolate, a Alemanha também domina a arte de produzir a iguaria.

A cidade de Colônia, que fica a 600 quilômetros de Berlim, abriga o World of Chocolate Museum, que conta a história do alimento e sua relevância cultural em uma exposição bem interativa e dinâmica. Dentro do museu há ainda uma escola, dirigida pela marca suíça Lindt, na qual os visitantes aprendem a arte do chocolate com o mestre chocolatier do museu.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Embora as marcas Milka e Kinder Schokolade sejam as mais famosas da Alemanha, Colônia oferece outras opções deliciosas, como a Stollwerck Chocolate Company, que produz chocolates finos desde 1839, e a Coppeneur, fabricante de chocolates artesanais.

Hershey - Estados Unidos 


Reprodução/Enjoy your holiday

A antiga cidade de Derry Church, na Pensilvânia, foi o local em que Milton Hershey fundou sua primeira fábrica de chocolates Hershey’s. A marca se tornou tão importante que a cidade passou a se chamar Hershey e ganhou o apelido de “Chocolatetown”. Os turistas que hoje visitam o destino podem se conhecer o museu e o parque temático da Hershey’s, além de se hospedar no hotel da marca. O local conta até com um spa de chocolate e oferece diversos tratamentos estéticos em que o cacau é o agente principal.

Paris - França 

Divulgação/Debauve et Gallais

A capital francesa também aparece nos roteiros dos chocólatras. A cidade conta com algumas das mais famosas chocolatiers do mundo, entre elas a Debauve et Gallais (foto), uma das mais antigas de Paris, aberta em 1819. Anualmente acontece em Paris o Salão do Chocolate, e este ano a feira acontece entre outubro e novembro, reunindo produtores e fãs do doce.  

Nova York - Estados Unidos 

Divulgação/Magnolia Bakery

A Big Apple é uma daquelas cidades que abrigam um pouco de tudo. Isso não podia ser diferente quando falamos de chocolate. A cidade conta com diversas lojas que comercializam os doces, entre elas a Magnolia Bakery, uma padaria com estilo vintage que ficou famosa após aparecer na sérieSex and the City. Outro típico passeio para chocólatras é uma visita à grande loja da M&M’s na Times Square. 

Bariloche - Argentina


Divulgação/Museo do Chocolate Havanna

A cidade é conhecida por alguns como a “Suíça da América do Sul”. Tal apelido surgiu pela grande quantidade de lojas que produzem chocolate. Os artesanais são os que dominam a região e podem ser encontrados em lojas como a Abuela Goye. Outro local para os fãs do chocolate é o Museu de Chocolate Havanna, que conta um pouco da história do doce.

 

Referências:
Companhia de Viagem - http://goo.gl/t1qJ9H
Panrrotas - http://goo.gl/xLxEv8

Qual a sua opinião?

Cadenzatur Viagens Turismo

CNPJ: 15.490.732/0001-84
Cadastur: 26.049928.10.0001-4

Onde estamos

R. Etelvina Pedroso de Gouvêa, 66
Butantã
05590-160 São Paulo, SP
Brasil

Contato

Tel: +55 11 3721-5557
Cel: 11 9 9764-8086
E-mail: sac@cadenzatur.com.br

Horários de atendimento

Segunda a sexta das 08h30 às 18h00
© 2015 Cadenzatur
Web design UNIQA